16 de dez de 2011

Há luz no fim do túnel!



Quero acreditar nessa luz
Meu coração está desalinhado
Precisa de arrumação
Anda fora de compasso
De tanta desilusão

Preciso aceitar o que mudou
Não adianta mais tentar
Você preferiu partir
Deixar pra trás e não olhar

Por enquanto vivo entre as cinzas
Mas aprendi que das cinzas
A fenix renasce
Será nisso que me apegarei
Para parar de chorar

Lá fora a vida continua
Vejo pessoas andando e vivendo
Aqui me recolho as lágrimas
Mas vai passar o tempo

E assim que passar
Meu bem não sei como será
Só sei que a luz está
Em algum lugar
A me esperar


Está foto foi tirada por um amigo que, com toda sensibilidade que tem, soube aproveitar esse lindo momento! 
Obrigada Roberto Amorim!







Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...